Palestra

Disparate Analytical Method in Soil Organic Carbon Prediction by Vis-NIR-SWIR Spectroscopy

Soil spectral libraries have been an effective way to organize soil data in a standard structure to feed predictive models (Viscarra-Rossel et al., 2016). Since soils can be extremely different in composition and properties, developing large spectral …

Acesso Aberto aos Dados da Pesquisa em Ciência do Solo

Evento organizado pela Comissão de Pedometria da da Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, tendo como as contribuições da pedometria para o Programa Nacional de Levantamento e Interpretação de Solos do Brasil (PronaSolos). Pelos próximos 30 anos, o PronaSolos envolverá dezenas de instituições parceiras, dedicadas à investigação, documentação, inventário e interpretação dos dados de solos brasileiros. Dentre elas está a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), que levará a experiência do Laboratório de Pedometria com o Repositório Brasileiro Livre para Dados Abertos do Solo (FEBR).

Minicurso – Introducción al Mapeo Digital de Suelos

Minicurso introdutório para alunos dos cursos da Facultad de Ciencias Agropecuarias da Universidad Nacional de Córdoba como parte das atividades da IV Jornadas Nacionales de Suelos de Ambientes Semiáridos & II Congreso Escuela en Estadística Espacial. O curso inclui tópicos como preparação do ambiente computacional, bases do mapeamento digital do solo, dados do solo e covariáveis, modelos (geo)estatísticos, incerteza e validação das predições. Todos os softwares utilizados são livres e de código aberto, com destaque para o QGIS e o R.

Optimization of Sample Configurations Using Spatial Simulated Annealing

O MDS usa modelos estatísticos para quantificar a correlação entre propriedades do solo e condições ambientais para fazer predições em locais não amostrados. Seu sucesso depende, em grande medida, dos dados de amostragem do solo. É provável que uma estratégia amostral pobre ofereça um modelo pobre e grandes erros de predição, resultando em desperdício de recursos. Uma solução computacional é a otimização da configuração amostral usando a técnica do recozimento simulado.

Disponibilidade de Dados para MDS em Larga Escala no Brasil

O mapeamento digital do solo se beneficiou do rápido aumento no poder dos computadores para lidar com grandes volumes de dados de base para produzir novas informações sobre o solo. No Brasil, pesquisas de solo são realizadas desde a década de 1930. Mas a maioria dos dados coletados nos últimos 90 anos ainda está em formato de papel. Esse cenário começou a mudar em 2017, quando foi lançado o Repositório Brasileiro Livre de Dados de Solo Aberto (FEBR). Até o final de 2018, o FEBR já continha dados de cerca de 15.000 observações do solo, consolidando-se como a maior fonte de dados do solo do Brasil

Mapeo del Suelo Usando Computadoras y Conocimiento Pedológico

Mapeamento Digital do Solo em Alta Resolução – Novidades e Desafios

O mapeamento digital do solo (MDS) ganhou popularidade nos últimos anos. O principal motivo é a facilidade e rapidez com que permite produzir informações do solo. Neste artigo nós descrevemos algumas das mais importantes novidades e alguns dos maior desafios do MDS de alta no Brasil.

Advances in soil data availability for large scale digital soil mapping (GlobalSoilMap) in Brazil

O mapeamento digital do solo se beneficiou do rápido aumento no poder dos computadores para lidar com grandes volumes de dados de base para produzir novas informações sobre o solo. No Brasil, pesquisas de solo são realizadas desde a década de 1930. Mas a maioria dos dados coletados nos últimos 90 anos ainda está em formato de papel. Esse cenário começou a mudar em 2017, quando foi lançado o Repositório Brasileiro Livre de Dados de Solo Aberto (FEBR). Até o final de 2018, o FEBR já continha dados de cerca de 15.000 observações do solo, consolidando-se como a maior fonte de dados do solo do Brasil.

Bringing Together Brazilian Soil Scientists to Share Soil Data

A ciência do solo já produziu grande quantidade de dados. A maioria das informações é publicada em um único artigo e os dados primários não estão disponíveis para outros pesquisadores. Como os dados em uso são um desperdício de recursos e evitam o avanço do conhecimento, cientistas do solo brasileiros criaram o Repositório Brasileiro Livre para Dados Abertos do Solo (FEBR).

Uma Aliança Global pelo Solo para Alcançar o Desenvolvimento Sustentável

O solo é um recurso natural muito lentamente renovável que ocupa posição central nos agroecossistemas. Mesmo assim, continua sendo degradado pela má gestão e pelas mudanças inconsequentes do uso da terra. Para promover uma mudança real na maneira como usamos esse precioso recurso, instituições de vários países juntaram esforços para constituir uma Aliança Global pelo Solo.